Quarta-feira , Outubro 23 2019
Home / Aloe Vera / Aloe Vera e Agave Americana – a prima assassina!

Aloe Vera e Agave Americana – a prima assassina!

Comer aloe cru tornou-se uma tendência de bem-estar popular e, especialmente, decolou na China no último mês com várias mulheres transmitindo vídeos de si mesmas comendo a planta.

É considerado benéfico por suas propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, e acredita-se que seja eficaz na prevenção e no tratamento do diabetes. Alguns blogueiros de bem-estar também acreditam que é um superalimento que pode “deter o crescimento de tumores cancerígenos”.

 

Neste vídeo, intitulado “Aloe Vera Feast”, a jovem de 26 anos, conhecida online como Zhang, pode ser vista segurando duas grandes hastes verdes que parecem aloe vera e mordendo uma delas. No vídeo, ela diz, “não é ruim” e depois de sua segunda mordida, ela exclama: “Uau. Muito amargo. Tão amargo ”, antes de cortar.

A jovem do vídeo pensou que estava a comer uma planta de Aloe Vera mas acontece que ela estava a comer uma planta de agave americana que é venenosa.

Segundo relatos, Zhang disse que sua boca estava dormente e sua garganta estava “em chamas“. Ela foi então levada para o hospital com queimaduras e feridas na sua boca e garganta, e teve lavar o seu estômago para remover qualquer traço da planta.

A seiva de Agave americana é muito tóxica e causa queimação quando em contato, e se ingerida pode ter graves consequências nos rins e no fígado.

Breve descrição da Agave

Folhas

Folhas de agave são suculentas ou semi-suculentas e são curtas e largas em algumas espécies, enquanto longas e estreitas em outras. As folhas de agave carnuda, que variam em cor de verde a verde azulado ou cinza-acinzentado e às vezes listradas ou manchadas, são dispostas em rosetas que podem medir de apenas alguns centímetros de largura a mais de 3,5 metros de diâmetro bem como de altura. As margens das folhas de agave geralmente têm espinhos agudos e cada ponta da folha geralmente tem uma espinha dorsal rígida, embora algumas espécies de agave não possuam espinhos.

Toxicidade

A agave tem uma seiva tóxica que imediatamente causa dor e queima em contato com a pele. Normalmente, a pele também fica vermelha e pode começar a desenvolver bolhas logo após à sua exposição. A pele exposta também pode ser sensível à luz solar. Se ingerida, a saponina na planta agave pode ter sérias consequências, incluindo danos nos rins e fígado.

Antes de consumir o Aloe vera, é importante conhecer as certificações de qualidade mais comuns. Esses selos são a garantia de que estamos a consumir produto de qualidade, devidamente tratado.

No minuto 3:39 deste vídeo são explicadas as certificações mais importantes:

E porque não bastam imagens de plantas para serem feitas comparações (ainda que as aparências sejam bem evidentes), para simplificar e evitar situações perigosas, não recomendamos o consumo caseiro desta planta que deveria ser Aloe Vera Barbadensis Miller (dentre as centenas de espécies existentes) visto ser um processo que quando elaborado num laboratório, supera os “cuidados” de homogeneização intensa, estabilização em frio, hora do corte, temperaturas e vitaminas presentes no ato, bem como o tempo que transcorre desde o corte, para evitar a sua oxidação e perda consequente de princípios ativos.

Sobre Ricardo Alves

Veja Também

NEURÔNIOS – AS CÉLULAS MAIS DURAS E RESISTENTES DO ORGANISMO! ESTIMULE-OS!!!

Até há pouco tempo atrás, acreditava-se que a partir dos 40 os neurónios começavam a …

Deixar uma resposta