Sexta-feira , Dezembro 13 2019
Home / Saúde / Desvendada a Regeneração da Planária

Desvendada a Regeneração da Planária

Muito embora sejamos amantes do aloe vera, temos de nos render perante a outra parte da natureza que não deixa de nos surpreender!

No último vídeo que publicamos falamos sobre uma espécie de salamandra que, se perder os membros do corpo, os consegue regenerar. Chama-se axolote e faz este trabalho na perfeição: os ossos, os músculos e os nervos voltam a crescer no sítio certo.

Mas há mais: a planária é um verme que, se for cortada aos pedacinhos, também é capaz de se reconstruir.

Embora a sua aparência de “olhos vesgos” seja cativante, a sua verdadeira fama vem da sua capacidade regenerativa. Divida uma planária no meio e em breve terá dois bichos de olhos vesgos olhando para si!

Como conseguem essa incrível façanha?

Em 2011, os pesquisadores descobriram que a regeneração da planária depende da atividade das células-tronco (“neoblastos”) distribuídas por todo o corpo da platelmita.

Segundo um estudo feito pela Scitableby Nature Education (A collaborative Learning Space for Science) este bichinho sobreviveu e regenerou-se após um desconcertante número de 279 pequenos cortes!

Portanto, estes animais são uma ajuda no estudo da regeneração de tecidos. Mas como o fazem? Para perceber isso, o vídeo apresenta alguns aspetos sobre o genoma desta espécie.

Em suma, este pequeno animal, além de nos inspirar, oferece uma excelente oportunidade para expandir a nossa compreensão no importante processo de regeneração de tecidos.

Sobre Ricardo Alves

Veja Também

NEURÔNIOS – AS CÉLULAS MAIS DURAS E RESISTENTES DO ORGANISMO! ESTIMULE-OS!!!

Até há pouco tempo atrás, acreditava-se que a partir dos 40 os neurónios começavam a …

Deixar uma resposta